Um certo Anel Selo

August 19, 2020

 

A nobreza obriga? Será?

 

O anel de selo é usado desde Tutankamon, há mais de 4.000 anos.

 

O Imperador Tibério, no ano 14, também usava.

 

O anel selo persiste e permanece.

 

 

 

Monarcas e os Papas, todos usam.

 

 

Os anéis selos se popularizam entre as mulheres, a partir do Império Bizantino. Na mesma época em que se usava esse anel, para fazer o lacre, para selar ou autenticar os documentos.

 

Cada marca do selo, ou do anel selo é único. Ele será famoso, se for reconhecível.

 

Mas todo anel selo imprime caráter.

 

 

 

Há anéis selo retumbantes, roqueiros, motoqueiros em suas Harley's em prata, com pedras, com turquesas, ágatas e quartzos, para brilhar, usado com jaquetas poderosas. 

 

 

Há os anéis selos simbólicos, com motivos como a árvore da vida ou a rosa dos ventos.

 

Há os clássicos em ouros, prata e platina lisos.

 

Não há nada gravado neles, estão a espera para receberem alguma gravação.

 

 

Um anel selo de alta personificação, tem as iniciais da pessoa gravada nele.

 

É particular, é próprio mesmo sem ser famoso ou reconhecido.

 

Apenas é, eterno enquanto durar...

 

 

 

 

VICORES, se sensibiliza e entende a particularidade das coisas,

como a cartela de cores pessoais.

Cada um tem o seu, próprio e intransferível. Quando se usa: é mágico!

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload