O Dossiê definitivo da Calça Jeans, cortes e caimentos.

December 9, 2016

 

    Nosso companheiro do dia a dia, um tecido que não tem idade, que exala conforto e praticidade, mas são tantos cortes, modelos, lavagens,  cinturas (ok essa são só duas, mas qual escolher?) que ficamos completamente perdidos as vezes, mas por isso não tema mais, estou aqui para te ajudar a desvendar o que cada uma dessas coisas faz pelo seu corpo, ai só resta você decidir qual deles você gosta mais.

 

 

A começar pela cintura, que essa é aplicada a TODAS as peças que usamos, calças de todos os tecidos, saias, vestidos de cintura marcada, shorts... ou seja é a decisão mais importante de todas! E o que vai decidir isso? Não é o nosso gosto pessoal nem a tendência, é a altura da sua cintura natural e o comprimento das suas pernas e troncos. Falamos já um pouco sobre cintura aqui.  e aqui, mas vamos aprofundar mais um pouquinho ok.  Não é nenhum bicho de sete cabeças, mas é importante manter a atenção na proporção, cinturas altas alongam as pernas e encurtam o tronco, são ideais também para quem tem ela mais baixa ou bem centralizada, podemos ver muito bem esse efeito de alongamento das pernas na foto acima. Ao contrário a cintura baixa, que pode ter de dois a cinco dedos abaixo da cintura natural da mulher, alonga o tronco e encurta as pernas, ideal para mulheres altas de membros longos e tronco curto, também uma mulher que a tem naturalmente alta, deve sempre optar por esse modelo. Outro detalhe a se atentar é que cada modelo pede um uso nas blusas e camisas, na alta pode-se facilmente usar as camisas por dentro da calça, já na baixa não é tão recomendado, não resulta num efeito tão harmônico.

 

 

Jeans Reto, provavelmente o modelo mais clássicos de corte que vamos falar aqui, ele combina muito com pessoas que tem um estilo mais atemporal, ela tende a afinar a silhueta, mas veste bem todos os tipos de corpo e é extremamente prática. A calça reta, por ser uma peça que representa pessoas com um estilo mais clássico, ela não deve estrangular nenhuma parte do corpo, deve ter um bom caimento e servir perfeitamente quem a está usando, passando sempre a sensação de conforto. Mas como reconhecer essa calça na loja? ela deve ter a mesma largura na barra e no joelho não afunilando nem alargando, para garantir isso é só dobrar uma sobre a outra, se tiverem o mesmo tamanho você encontrou.  Pode ser usada também com a barra levemente dobrada, em todos os tipos de lavagem. 

 

 

Quem passou pelos anos 70 com certeza se lembra do estopim da, hoje chamada, calça Flare, ela que já foi Boca de Sino passou para pata de Elefante e hoje denomina-se Flare. tem como definição o corte justo na parte de cima que começa a alargar a partir do joelho, terminando numa barra bem ampla. Fala-se muito por ai que esse tipo de corte ajuda a equilibrar o corpo de quem tem quadris largos, eu acredito que essa é uma opinião a ser discutida, a boca larga vai criar uma sensação de ampulheta nessa mulher de quadris largos, e não sei até que ponto é essa a vontade, podemos ver na foto a Vitoria Beckham usando uma flare com quadris super estreitos e o corpo em harmonia, então não acredito que seja algo tão certo assim. Mas é uma calça que não deve nos deixar tão cedo, e se deixar, como a historia mostra, logo ela volta, é um corte elegante e que mostra estilo pra quem usa.

 

 

 

A calça Skinny é claramente a grande preferência nacional, principalmente entre os mais jovens, mas nada impede que ela continue sendo usada após os 40, definida por uma calça extremamente justa de cima a baixo, ela destaca as formas do corpo e é uma escolha perfeita para mulheres baixas, pois alonga as pernas, só é importante se atentem a cintura, como foi falado no inicio do post, e a barra que deve sempre ser feita a bainha para não ficar empapuçando no tornozelo. É uma opção sexy e descontraída, que fica muito bem com blusas e casacos maiores, com babados e diversos volumes, dando contraponto a calça. Quando confeccionada em um tecido com elastano, para se agarrar e modelar bem as formas do corpo, a calça skinny passa a ser conhecida por slim fit, bem justa, e muito popular no brasil.

 

 

A cigarrete por sua vez, apesar de parecer-se com a skinny, tem suas diferenças, a começar pelo fato que ela afunila a parir do joelho e não desde o cós, ela também termina na altura do ossinho do tornozelo, o que traz a sensação de corte para as pernas, encurtando a leitura visual delas, o que a torna um modelo perfeito para quem tem membros longos. Esse tipo de calça veste muito bem com sapatos baixos, como sapatilhas, sandálias e chinelos, ou mesmo tênis baixinhos e de modelagem simples. É um modelo que traz muita personalidade e estilo a quem o usa.

 

 


Muito parecida com a Flare, porém mais estreita na barra temos a Boot Cut, que como o próprio nome diz, é feita para ser usada com botas de cano médio e longo pois sua barra larga cobre perfeitamente esses calçados. É um modelo elegante, muito bom para ser usado com saltos altos. E aqui sim,eu defendo que é um modelo que traz equilíbrio a silhueta de quem tem quadris largos, sem criar o visual de ampulheta que pode não ser desejado.  Com qualquer tamanho de cintura ela é um modelo que dificilmente ficará ruim em algum tipo de corpo, bem democrática.

 

 

 

Por fim, todos eles podem ser usados por todas, mas, inevitavelmente, favorecem e desfavorecem tipos específicos de corpos. Para mulheres muito magras, é recomendável usar calças com bolsos traseiros grandes, pois criam volume. Mulheres altas devem investir em cinturas baixas e barras mais curtas, pois encurtam as pernas, no contraponto das mais baixas, com membros curtos, que são valorizadas com calças de cintura alta e com a bainha bem feita no comprimento da perna. As que tem quadril largo encontram equilíbrio na boot cut e nas calças retas, já as que o tem mais estreito vão conseguir volume em calças skinny e cigarretes, as que tem uma barriga mais avantajada já não encontram conforto em calças de cintura baixa, independente da altura, mas a cintura muito alta tende a aumentar tanto a barriga quanto a bunda, sendo assim a cintura media é o encontro perfeito entre conforto e aparência. 

 

 

 

(Todas as imagens foram retiradas do google imagens e não tem vinculo intelectual com esse blog)

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload